Adicionar ao saco de compras
Voltar ao catálogo

Dimensões: 184p., 15,0x22,5 | 490g
Edição: Dafne Editora, Porto
Data: Fevereiro de 2009
DL: 288957/09
ISBN: 978-989-8217-03-5
Preço: Dezassete euros e dezassete cêntimos
Design: Susana Lourenço Marques
André Tavares
Novela Bufa do Ufanismo em Concreto
Episódios avulsos das crises conjugais da arquitectura moderna no Brasil (1914-1943)


Betão armado, no Brasil, é concreto. Ufanismo é a manifestação de um orgulho desmedido e, até, um pouco despropositado. Esta Novela Bufa do Ufanismo em Concreto é uma viagem aos argumentos da construção de uma identidade para a arquitectura moderna brasileira. Ao alcançar a ideia da construção concebida com intenção plástica, a arquitectura brasileira conciliou os argumentos poéticos com a estética do engenheiro. O betão armado foi capaz de produzir essa síntese e de exprimir a beleza imanada do contemporâneo. Só que, imersos no caldeirão do senso comum, das relações familiares e económicas, os arquitectos do Brasil tropeçaram em vários alçapões floridos. Este livro cartografa alguns equívocos que nasceram dessa fricção entre o quotidiano da prática e o exercício da teoria. Percorre a obra teórica e construída de arquitectos, engenheiros, poetas e viajantes incansáveis, para além de contar com a participação especial do insigne perneta Sacy Pererê.

ANDRÉ TAVARES (Porto, 1976) é arquitecto pela Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto (2000), e autor dos livros Arquitectura antituberculose (Faup-publicações, 2005),Os Fantasmas de Serralves (Dafne, 2007), Novela Bufa do Ufanismo em Concreto (Dafne, 2009) e Duas obras de Januário Godinho em Ovar (Dafne, 2012). Foi director do Jornal Arquitectos (2013-2015) e, com Diogo Seixas Lopes, curador geral da Trienal de Arquitectura de Lisboa 2016.



Sacy Pererê, desenho de Monteiro Lobato.

Título
X