Adicionar ao saco de compras
Voltar ao catálogo

Dimensões: 136p., 15,0x22,5
Edição: Dafne Editora, Porto
Data: Julho de 2018
ISBN: 978-989-8217-44-8
Preço: Quinze euros e quinze cêntimos
Design: Manuel Granja
Domingos Tavares
Casas na Duna
O Chalé do Matos e os palheiros do Furadouro


Este livro conta a história urbana de uma pequena povoação do litoral português, o Furadouro, tomando como referência a construção de um Chalé no início do século XX e confrontando-o com os palheiros construídos pelos pescadores.

Obra de poetas, até que ponto o Chalé do Furadouro se poderia inserir num movimento tardo-romântico, funcionando como estímulo associado ao nascimento da arquitectura moderna em Portugal? Episódio sem repetição no espaço da comunidade vareira, revelava uma maneira de entender a arte da arquitectura no seio da cultura portuguesa. Num tempo de revivalismos históricos, confrontado com a versão popular dos palheiros pobres dos pescadores da beira-mar, este exemplo foi trabalhado com base numa atitude que se filia no mais profundo da cultura portuguesa. A da discreta inteligência, que consistia em estar atento aos avanços do conhecimento e da técnica, integrando-os de forma útil na dimensão do possível em face das circunstâncias da produção construtiva disponível, sem perder de vista as práticas colectivas e os valores sociais do lugar. Acabou, levado pelo mar, memória perdida dos valores de um passado mítico.

Este livro foi co-editado pela Dafne Editora e pelo Centro de Estudos de Arquitectura e Urbanismo da Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto.

DOMINGOS TAVARES (Ovar, 1939) é arquitecto e Professor Emérito da Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto, onde ensinou desde 1985 a disciplina que deu origem às Sebentas de História da Arquitectura Moderna publicadas pela Dafne Editora desde 2003. Autor dos livros Da Rua Formosa à Firmeza (Faup, 1985) e Francisco Farinhas Realismo Moderno (Dafne, 2007).



Título
X