Voltar ao catálogo

Dimensões: 20p., 15,0x22,5
Edição: Dafne Editora, Porto
Data: Setembro de 2009
DL: 246357/06
ISBN: 1646-5253
Preço: Gratuito
Design: granja
Pedro Levi Bismarck
Le décollage du ZYX24
Arquitectura, escrita e voo


Até que ponto pode ser partilhada a construção de sentido que os arquitectos operam na sua disciplina?
Esta era uma das perguntas enunciadas no ciclo de conversas Arquitectura à letra que a Dafne organizou em Maio passado. Este opúsculo é um ensaio de resposta a essa pergunta.

Separando as águas da teoria e da crítica, Pedro Bismarck defende um espaço de criação poética que, partindo das matérias que constróem os edifícios, abre caminhos à superação da realidade. O real começa no imaginário e a escrita é um ponto de partida para a descoberta. A inversão da pergunta justifica-se, numa forma de devaneio literário: será que a escrita nos pode suspender sobre a realidade?

PEDRO LEVI BISMARCK (Praia da Granja, 1983) é licenciado pela Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto. Estudou e trabalhou em Berlim durante dois anos. Escreve regularmente para revistas e magazines online. Organizou a co-organizou diversas iniciativas no âmbito da arquitectura, cidade e cultura urbana. Trabalha e vive no Porto onde está actualmente a preparar o seu doutoramento.



Jacques-Henri Lartigue, Le décollage du ZYX24, Rouzat, 1910.

Título
X